CONTACTOS CONTACTOS

Quem Somos

MARGON – Materiais e Revestimentos Modernos para Edificações, S.A. tornou-se em 1996 na 1ª empresa do subsector da cerâmica estrutural a obter do IPQ o título de Empresa Certificada.

Estamos conscientes de que a Qualidade se tornou um factor essencial na batalha do desenvolvimento industrial e comercial em mercados altamente competitivos como é o nosso. O êxito das empresas deverá, assim, assentar na Certificação como Garantia da implementação e manutenção de um Sistema de Qualidade. Pela nossa parte, sempre tentámos responder com qualidade às exigências do mercado dos nossos clientes. Garantida por certificações e homologações e julgada permanentemente pelos nossos clientes, é a qualidade dos nossos produtos e serviços a razão de ser da nossa imagem.

Qualidade e Ambiente: uma combinação harmónica

Fornecer produtos da melhor qualidade minimizando ao máximo o impacte ambiental é um dos princípios que orientam a nossa forma de trabalhar.

Mais valias dos produtos MARGON

  • Produzidas a partir da composição de várias argilas de elevada qualidade e sujeitas a rigoroso controlo de fabrico, as telhas Margon estão presentes nas mais belas coberturas portuguesas.
  • Graças ao seu rigoroso acabamento de formas e cores, as telhas Margon formam coberturas de grande beleza, integrando-se harmoniosamente na paisagem natural.
  • A vasta gama de acessórios MARGON disponíveis para acabamento de telhados possibilita a adaptação a qualquer tipo de arquitectura.
  • As telhas MARGON são, para além de tudo isto, a melhor garantia de equilíbrio térmico e higrométrico, estanquecidade, impermeabilidade e resistência.

Empresa

Fundada em 1960, por sociedade entre Joaquim Silva Marques e Fernando Gonçalves da Silva, a firma recebeu a denominação MARGON, como resultado da junção dos nomes MARques e GONçalves.

Com sede em Cruz da Légua - Pedreiras (Porto de Mós), a fábrica foi inicialmente criada para fabricação de produtos cerâmicos e comercialização de materiais plásticos. No entanto, a conjuntura do mercado rapidamente fez concluir que a actividade deveria cingir-se sobre a aposta na produção de materiais cerâmicos, principalmente abobadilhas e tijolos e, residualmente, telhas e acessórios para telhados.

Nos finais da década de 60, para dar resposta às necessidades dos clientes, que reflectiam a dificuldade em encontrar fornecedores de produtos cerâmicos de qualidade, para telhados, a Margon passa a dedicar-se cada vez mais ao fabrico de telhas nos modelos Lusa e Marselha.

Perante o cada vez maior número de solicitações dos clientes, concluiu-se que a capacidade instalada era insuficiente. Assim, em meados dos anos 70, a Margon investe numa nova unidade de fabrico, completamente automatizada, permitindo deste modo mais que duplicar a produção de telhas e acessórios. Os seus produtos são submetidos a todos os testes normativos e reconhecidos, pelo LNEC (Laboratório Nacional de Engenharia Civil), como de grande qualidade.

Com uma política de produção e gestão orientada para a qualidade, a Margon vê incrementar os seus volumes de encomendas para exportação com destino ao mercado europeu e americano, com grande aceitação por parte dos mesmos, de que são reflexo os diversos prémios internacionais entretanto conquistados, dos quais se destacam o Troféu ao Prestígio Comercial (Portugal), PME Prestígio (Portugal), Troféu Europeu à Qualidade (França), Troféu Internacional à Exportação (Espanha), Troféu ao Melhor Serviço e Qualidade de Portugal (Espanha), Troféu Internacional à Qualidade (Espanha), Troféu Internacional à Tecnologia (Alemanha) e Troféu Americano às Trocas Comerciais Internacionais (E.U.A.).